Cirurgia de Catarata

O que é a catarata

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) a catarata é uma das principais causas de cegueira reversível no Mundo. A principal característica da catarata é a opacidade que causa no cristalino, que é uma lente natural do olho, sua finalidade é a focalização da luz, e por isso quando afetado a visão é significativamente prejudica.

A catarata é uma doença progressiva de evolução relativamente lenta e que afeta a visão do paciente.

Qual a causa da catarata

Existem vários tipos de catarata a principal é a senil, ou seja, com o avanço da idade surge a catarata, o envelhecimento está diretamente relacionado ao aparecimento da catarata. Pessoas com mais de 55 anos já apresentam os primeiros sinais da doença, que aos poucos vai reduzindo a qualidade de vida do indivíduo. Isso porque com a baixa acuidade visual, a vida começa a ficar limitada, dirigir torna-se um problema, muitos não conseguem renovar a habilitação e até mesmo caminhar torna-se um desafio.

Existem outros tipos de catarata como:

Catarata Senil – É a principal causa da catarata e atinge as pessoas com mais de 55 anos. Com o envelhecimento todos os órgãos sofrem as consequências, com o cristalino não é diferente com o tempo perde sua transparência e mobilidade, dando origem a catarata.

Catarata congênita – Este tipo de catarata atingem os bebes, que já nascem com a doença e precisam de tratamento imediato, para preservar a visão, geralmente essas crianças tem perda significativa da acuidade visual, mesmo com o tratamento precoce.

Catarata traumática – entre a pupila do olho e o cristalino existe um liquido chamado humor aquoso, que tem como função nutrir a córnea e o cristalino, bem como manter a pressão intra-ocular estabilizada. A catarata traumática ocorre quando o humor aquoso devido ao trauma ou uma perfuração, penetra dentro do cristalino, atingindo suas fibras e causando sua opacidade imediata. Neste caso o atendimento é emergencial e é preciso procurar um serviço especializado.

Cataratas metabólicas – Algumas doenças como a diabetes, colesterol alto, doenças do fígado e distúrbios hormonais podem ocasionar a catarata.

Catarata inflamatória – Inflamações oculares podem ocasionar catarata.

Catarata medicamentosa – Alguns medicamentos podem auxiliar no surgimento da catarata, um desses medicamentos são os corticoides que se tomados durante um longo período podem causar a catarata.

Sintomas da catarata

Existem vários sintomas da catarata, alguns são mais comuns e outros não, os principais sintomas que os pacientes apresentam são:

  • Dificuldade para ler
  • Visão embaçada
  • Dificuldade para ver no escuro
  • Dificuldade para caminhar
  • Dificuldade para dirigir
  • Sensibilidade a luz
  • Visão dupla
  • Enxergar halos de luz
  • Perda da visão
  • Perda parcial da visão

Cirurgia de catarata

O único tratamento para a catarata é cirúrgico e felizmente o procedimento tem altos índices de sucesso, sobretudo se for realizado precocemente, isso porque a catarata é uma doença progressiva e quanto antes retirar o cristalino doente, melhores são os resultados da cirurgia.

O procedimento é um dos mais realizados no Mundo, por isso a técnica está muito aprimorada com excelentes resultados.

A cirurgia de catarata consiste na remoção do cristalino doente e sua substituição por uma lente intraocular, que irá cumprir o mesmo papel do cristalino, retornando a visão com mais nitidez, brilho e clareza.

Um dos diferenciais da cirurgia de catarata é que a mesma pode corrigir os erros refrativos como: MIOPIA, ASTIGMATISMO, HIPERMETROPIA E PRESBIOPIA, desta forma após a cirurgia o uso dos óculos pode ser dispensado, dando maior liberdade para o paciente.

A cirurgia refrativa de catarata como é conhecida, pode eliminar o uso dos óculos, porque o paciente pode escolher lentes intraoculares especiais, que ajustam o grau do olho e permitem uma visão melhor.

Existem vários tipos de lentes intraoculares veja mais aqui:

Abaixo um vídeo explicativo de como é a cirurgia de catarata

 

 

Lentes intraoculares

O cristalino afetado pela catarata será removido cirurgicamente, por um processo conhecido como facoemulsificação, no qual um equipamento de tecnologia avançada devidamente manuseado pelo médico irá dissolver e retirar o catarata, em seguida é inserido no lugar do cristalino a lente intraocular, que irá desempenhar a mesma função do cristalino explica o Dr. Murilo Domingues.

Por isso a escolha da lente intraocular é uma parte importante da cirurgia e influencia no resultado final do procedimento.

Existem vários modelos de lentes intraoculares, cada marca tem suas vantagens e diferenciais, através dos exames pré-operatórios e de um estudo clinico o seu médico irá indicar as melhores opções. Segundo o Dr. Murilo Domingues a escolha da lente intraocular é um processo muito importante, com muitos anos de experiência e centenas de cirurgias já realizadas o Dr. Murilo explica que os exames pré-operatórios ajudam a determinar as melhores opções para cada paciente, e uma análise criteriosa do médico irá auxiliar nessa indicação,

As lentes apresentam características como:

Lente intraocular asférica 

As lentes asféricas permitem uma visão melhor com pouca ou nenhuma distorção nas laterais dos olhos.

Lente intraocular tórica

As lentes tóricas são conhecidas por corrigirem o astigmatismo, devido sua curvatura diferenciada, é capaz de influenciar na direção da luz que irá incidir sobre a retina, corrigindo dessa forma o astigmatismo.

A LIO (lente) da direita é um exemplo de Lente Tórica

 

Lente intraocular bifocal

As lentes multifocais permitem uma melhor visão tanto para perto quanto para longe,  pois corrigem os erros refrativos como miopia e hipermetropia.

Lente intraocular trifocal

As lentes trifocais são uma novidade em oftalmologia, sua exclusiva tecnologia permite uma ótima visão para perto, longe ou média distância.

É importante salientar que o tipo de lente intraocular depende de vários fatores, os exames pré-operatórios indicam as melhores opções, porém é fundamental a avaliação do médico oftalmologista explica o Dr. Murilo Domingues, porque cada paciente tem seu histórico e sua anatomia, através dos estudos e da experiência clínica, sabemos indicar as melhores opções para o paciente, dentro de sua realidade e expectativa.

Pós-operatório cirurgia de catarata

Dr. Murilo Domingues configurando equipamento para cirurgia de catarata
Dr. Murilo Domingues configurando equipamento para cirurgia de catarata
A cirurgia de catarata é um procedimento tecnicamente avançado, o paciente não será internato e não é necessário o uso de anestesia, somente de colírio anestésico para o procedimento. Isso é possível devido ao uso de equipamentos de última geração, que permitem a realização do procedimento de forma rápida, segura e indolor. É evidente que a capacitação e experiência do oftalmologista que está manuseando os equipamentos é fundamental para o sucesso da cirurgia.

Para a realização da cirurgia o paciente deve ficar cerca de 6 horas em jejum e a cirurgia em si demora em média 20 minutos, o paciente é liberado logo depois pelo médico, que poderá prescrever o uso de um ou mais colírios nos primeiros dias.

Segundo dados da sociedade americana de oftalmologia cerca de 98% dos pacientes já apresentam uma visão melhor logo depois da cirurgia, e essa visão é melhor do que antes de terem os primeiros sintomas da catarata.

Nas primeiras 24 horas o paciente não deve realizar esforço físico, como correr, levantar peso etc, também é recomendado evitar movimentos bruscos com a cabeça.

Outros cuidados como:

  • Evitar ambientes com poeira ou sujeira
  • Não esfregar os olhos
  • Não passar shampoos ou sabonetes nos olhos para evitar irritações
  • Caminhar com cuidado

A maior parte dos pacientes não apresentam sintomas depois da cirurgia, caso sinta sintomas como ardência, vermelhidão e outros seu médico deve ser comunicado imediatamente.

Dentro de alguns dias o paciente já estará liberado para suas atividades normais, porém esse prazo quem estipula é o médico do paciente, de acordo com uma avaliação clínica.

Benefícios da cirurgia de catarata

A catarata é uma doença que prejudica muito a qualidade de vida do paciente, pois reduz sua acuidade visual, limitando desde atividades esportivas como as diárias como caminhar, ler, dirigir etc.

Os benefícios são inúmeros com uma visão melhor o paciente tem de volta sua liberdade, pode realizar suas tarefas de forma mais ágil e segura, aumentando sua auto-estima e confiança.

A cirurgia de catarata refrativa pode ainda eliminar ou reduzir significativamente a necessidade do uso dos óculos, isso porque o uso de lente intraoculares avançadas podem corrigir os erros refrativos (MIOPIA, ASTIGMATISMO E HIPERMETROPIA) e também a PRESBIOPIA (vista cansada).

No vídeo abaixo explicamos o que é a PRESBIOPIA (VISTA CANSADA).

Av. República Argentina, 2056

(41) 98403-3182

Agende sua consulta!

Atendimento

Seg - Sex: 8:00 - 17:00

Agendar consulta

(41) 3345-0700
WhatsApp